Alimentando Corpo e Alma:

Terça-feira fui na casa da minha querida dinda Kika onde preparamos juntos o que se pode afirmar ser a definição do que é uma refeição completa.

Alimentação é algo muito simples se seguirmos dois passos. Primeiro precisamos saber o que precisamos e depois procurar dentro de nossos princípios onde encontramos estes nutrientes.

Precisamos de oxigênio, basta respirarmos bem e podemos passar ao próximo capítulo.

Precisamos de amor e para isso basta amar aos outros e a vida e assim o amor também fluirá em nossa direção.

Necessitamos de Luz e para isso basta caminhar, pedalar e curtir a Natureza.

Necessitamos de Água, muita Água! Pura e dos alimentos, 🙂

Nutrientes, muito simples, precisamos de cores, muitas cores no prato:

Para olhos pouco treinados pode parecer uma foto de uma salada bem bonita mas não se engane, temos aí uma refeição completa em todos os sentidos o que é extremamente raro.

Aminoácidos Essenciais: Todos pela combinação de um punhado de brotos de cereal mais um punhado de brotos de uma leguminosa no caso Trigo e Lentilha, respectivamente. Capítulo encerrado.

Ferro, Cálcio, Iodo: Garantidos pela Beldroega, Couve Chinesa, pelo suco de Abacaxi que esta dentro do copo de Pimentão e pelas outras Frutas.

Outros minerais como Magnésio, Fósforo, Potássio, Sódio, Cobre, Zinco, Manganês: Alface Frisée e Rúcula as quais ambas também tem muito Ferro e Cálcio, Frutas e a cebolinha que foi usada como temperinho.

Frutas, Folhas, Castanhas, Nozes e Amêndoas encerram o quesito Sais Mineirais.

Precursores de Vitaminas: O mais aparente é o Betacaroteno ( pro-vitamina A  ) da cenoura mas Precursores de Vitaminas estão em todos os ingredientes desta refeição, próximo capítulo;

Fibras e Antioxidantes mais que garantidos pelos Damascos, Ameixas Secas e Frescas, Couve, no Pimentão Vermelho(copo do suco de Abacaxi), Alface, etc

Vitaminas: Absolutamente Todas garantidas pelo colorido das Frutas, Verduras, Legumes e dos Brotos.

A Vitamina C, que é muito abundante nesse prato, nos ajuda a absorver o Ferro.

A Vitamina D, que nossa pele gera no contato com o Sol, nos ajuda a absorver o Cálcio.

Muitos Carboidratos garantidos pelas Frutas, pelos Brotos, Castanhas, Nozes e Amêndoas.

Ácidos Graxos dos Complexos Ômega 3, 6 e 9 garantidos pela fartura de Sementes de Linhaça Dourada mas também encontrados nos Brotos, Nozes, Rúcula…

—> Todos nutrientes garantidos pelo não cozimento do alimento <—

Além de garantir toda maravilha de nutrientes ao não passarmos o Alimento pelo fogo nós também poupamos as essenciais Enzimas que são importantíssimas para poupar nosso corpo na hora de digerir os alimetos.

É uma alimentação repleta de enzimas o que faz com que os nutrientes sejam facilmente degradados para rápida absorção além de exercerem uma grande variedade de outras funções essenciais em nosso corpo.

 

Ar,

Luz,

Amor,

Água,

Nutrientes,

Arco-Íris, simples assim, 🙂

Receita de Torta de Castanha-do-Pará com Frutas Secas ! ! !

Nuóssssa, que tesão ! ! ! !

Me virei na casa da minha querida amiga Petra para fazer uma Torta Crudívora já que quase todos que vieram na reunião de amigos trouxeram deliciosas Tortas Veganas só que com açúcar e outros ingreditentes como bolachas industrializadas com diversos químicos adoçantes, acidulantes, preservantes e corantes que fogem à minha filosofia de me alimentar da maneira mais simples e somente do que menos fará mal a outros seres o que por alegria da vida faz o melhor por minha saúde.

Longe de ser uma privação de prazeres isso é uma libertação e o caminho para a felicidade.

A Amizade é um dos alimentos essenciais de todos os seres e essa energia maravilhosa é o primeiro ingrediente da Torta, 🙂

Tanques de amor carregados então Mãos Na Massa ! ! !

Ingredientes da base:

Castanhas-do-pará;
Amêndoas; e
Macadâmia (este ingrediente foi bônus, não é necessário)

 

Como não poderia deixar de ser é simples e fácil demais todos os processos de fazer esta torta. Para a base simplesmente precisamos triturar bem as Castanhas junto com as Amêndoas até que as sementes começem a soltar o seu óleo e aí é só espalhar em um prato com uma colher e depois construir as paredes com as mãos.

Ingreditentes da cobertura:

Damascos Secos;
Pêssegos Secos;
Tâmaras Secas;
Água de Coco (neste dia só consegui gordura de coco pura)
Sementes de Linhaça Hidratadas (não é necessário, fui outro bônus)
Azeite de Oliva (outro bônus usado só para conseguir bater as Frutas Secas sem a Água de Coco)

Difícil dizer qual etapa é mais simples, se é a base ou a cobertura. Para a cobertura basta bater todos os ingredientes no liquidificador até que tenhamos um creme homogêneo. Se a gente tem a Água de Coco podemos deixar nela as Frutas Secas de molho por um tempinho para elas hidratarem o que aguça o sabor e facilita na hora de liquidificar.

Cobertura pronta e base pronta, agora só falta espalhar a cobertura sobre a base e depois enfeitar e por mais algum ingrediente bônus como neste dia o maracujá e algumas Nozes Pecã, uma Noz Chilena e duas Ameixas Secas.

Quando trouxe para a sala logo o Papai Noel se avançou sobre o prato mas antes ainda de trazer para a sala as pessoas já avançavam sobre a Torta:

 

Experimentei e tive Orgasmos Gastronômicos, hora de compartilhar com os amigos:

 Missão Cumprida, todos gostaram da Torta !

Fim.

! aDeus Fronteira Final !

Quando o limite é a criatividade não existe mais um limite, 😀

Esta é uma das belezas da Alimentação Simples, estimulamos nossa criatividade a cada refeição. Nos sobra todo o tempo que passaríamos preparando e cozinhando os alimentos e todo tempo que passaríamos lavando panelas e pratos difíceis de limpar.

Reunião de família, Alegria Alegria Alegria em ver tantas pessoas amadas e que tanto me amam.

É fácil demais fazermos pratos cada dia mais bonitos quando trabalhamos com alimentos sem cozimento pois eles preservam suas cores brilhantes e sua energia vital que tem potencial muito maior de nos nutrir.

Nos alimentamos bem com menos quantidade, os alimentos são belíssimos e sempre o resultado de uma busca pelo que fará o menos mal a outros seres e o mais bem a nossa saúde o que nos da de presente um estado de espírito leve e radiante, sempre ao redor do estado de meditação.

 

 

Como não poderia deixar de ser eu sentei na mesa das crianças que já estão um tanto grandes, 🙂

sojieBeijos

e

i

j

o

s

Almoço FreeStyle no Bonobo ! :D !

Depois que meu querido amigo Alan Chaves combinou comigo que faria uma refeição crudívora sempre que eu fosse nos deliciosos almoços que ele prepara no Bonobo eu voltei com a tradição de não deixar de prestigiar a arte culinária dele. Por sorte meu caminho anda se cruzando com da querida Bete e ultimamente estamos compartilhando juntos as belas refeições crudívoras do nosso Alan.

 

Incontáveis ingreditentes absolutamente deliciosos e nutritivos: Brotos, Sementes de Girasol, Folhas diversas, Frutas Secas, hmmmm

Uma refeição completa!

 

No último sábado ainda tivemos a alegria da companhia da Helena que é filha da Bete.

Alegria Alegria

Mais Amor Mais Amor!

Queridas pessoas com quem tive a sorte de dividir minha existência,

O dia que eu descidi que iria me alimentar somente de alimentos simples inclusive na rua eu combinei comigo mesmo que não deixaria de participar de nenhum encontro com meus amigos e que iria sempre levar alimento comigo ou dar um jeito na hora e sempre da para encontrar algo para me alimentar nem que seja tomate a alface.

Esses dias meu querido irmão Mathias convidou um casal de amigos para compartilhar alguns momentos de fraternidade e por as histórias em dia e nunca que eu iria deixar de contar as minhas e escutar o que eles tinham para contar.

Por sorte desta vez o encontro foi na nossa casa e estávamos com um grande estoque de frutas com as quais preparei minha refeição.

Cores, muitas cores.

Estar vivo, em boa companhia e com uma linda refeição destas, o que mais eu poderia querer?

 

 

Querida Jessica, namorada do Mathias, um pouquinhozinho mais alta que eu, heheh

 

 

Meu irmão é uma figura, sempre admirei o gostoso sorriso que ele nos dá de presente sempre que esta faceiro.

 

 

Bueno, muitos momentos de alegria mas o dever me chamava, tinha que ir tomar um rápio banho gelado, como sempre, e me arrumar pois estava por ir ao último concerto da OSPA.

 

 
Lembrei de pegar mantimentos e depois toquei ficha!

Tchauzinho!

! :-D VÁ A PÉ :-D !

Pessoas queridas,

Eu vivo com vontade de aprontar e sempre que aparece uma oportunidade nunca que eu irei deixar passar.

Última sexta teve Massa Crítica onde pessoas que amam a vida e querem mudar o mundo para melhor se reúnem para trocar idéias e pedalar juntos criando uma realidade deliciosa que dura em média uma hora. Vivemos o mundo que queremos construir, uma realidade em que não ha interesse por status, em que ninguém é melhor que ninguém e que viver, se divertir, cuidar dos outros e estar de boa é que importa.

Já estava fantasiando e como já tenho muitos kms descalço por aí eu prendi minha bike em um poste e toquei ficha.

Acompanhei as bicicletas correndo descalço pelos 14kms que percorremos pela cidade. 😀

A idéia é aprontar por aprontar mesmo, viver o momento, curtir a liberdade de pensar e agir por conta própria me conduzindo pela vida com os princípios que construí pelo convívio com meus amigos que são meus mestres e por ter o costume de praticar meditação o que nos conecta com a sabedoria comum que nos ensina a amar e cuidar de todos.

Meditar é muito semelhante a assistir televisão. Deixamos a mente livre e aberta e adquirimos conhecimentos que só nos daremos conta dias depois. A única diferença é que na meditação aprendemos com o todo a partir do nada e com a televisão aprendemos coisas de pessoas que ainda não gostam da gente.

Meu grande amigo Helton, que é uma pessoa que eu admiro muito, calculou que passaram 290 pessoas em dois minutos e 5 segundos e nunca que poderiam passar 290 carros neste espaço de tempo, sequer um terço disso.

Que a bicicleta é um meio de transporte formidável é flagrante mas se uma pessoa pode fazer parte dessas 290 pessoas tranquilamente caminhando e correndinho descalço então quando as pessoas descobrirem isso e se deslocarem de bici ou a pé todos irão se deslocar em menos tempo mas muito mais importante que isso: as pessoas irão interagir fraternalmente entre si, irão se amar, se divertir e se cuidar.

Relato desta Massa Crítica com outras palavras aqui:
http://vadebici.wordpress.com/2011/12/20/pes-descalcos-x-petroleo/

😀

Caminhando pela vida…

Hoje, assim como ontem e anteontem, foi um dia muito divertido, repleto de situações inusitadas, aventuras e novas amizades. Dormi no pátio junto com a Mel e o Brother para acordar com o Sol pois estou experimentando viver sem o celular que me levaram o qual servia também de despertador.

Precisava acordar cedo para ir caminhando na Feira Orgânica da Redenção pois lá me aguardava uma planta enorme de Babosa que as pessoas mais queridas do mundo da banca que vende Babosa e chás naturais tinham prometido me trazer.

Mesmo com essa planta enorme dentro da mochila eu ainda comprei algumas verduras e frutas. No finalzinho da feira onde alguns amigos se reunem eu tive a grande alegria de conhecer o Olinto e as lindas e sábias filosofias de vida desse grande homem.

Já quase na outra extremidade da feira eu conheci o Ivan e aprendi muito com ele também. Me contou o que sabia sobre os fractais da natureza como em árvores, computadores e galáxias.

Segui meu caminho junto com a Bete que encontrei na feira e convidei para almoçarmos no Bonobo onde meu querido amigo e grande Chef de cozinha Alan Chaves preparou mais uma vez uma refeição crudívora especial para mim e para ela que agora também adotou a alimentação simples.

Este foi nosso colorido e delicioso manjar de sábado.

Depois de vários momentos inesquecíveis segui caminhando até a casa do Palito onde fui para plantar a Aloe-Vera. No meio do caminho precisei atravessar uma faixa de segurança:

Chegando lá logo peguei as ferramentas e toquei ficha para plantar a Babosa na companhia do Lupus Canis.

A casa é como de um conto de romance dentro de um bosque repleto de árvores frutíferas como Abacate, Goiaba, Limão, Bergamota e também várias outras plantas que podem nos servir de alimento.

Terminei de plantar, caminhei até em casa para ir ao Centro Cenotécnico e pensando que o espetáculo era às 20horas eu saí tocando muita ficha com a minha nave. Saí às 19e50 para chegar lá na Voluntários às 20e10 para lá descobrir que na verdade o espetáculo iria começar mesmo só às 21hrs. Estacionei a bike e enquanto esperava meus amigos eu comi uma Manga deliciosa e um Creme de Trigo Germinado triturado com Ameixa, Linhaça e Passas de Uva.

O espetáculo foi de tirar o fôlego. Os artistas encheram a mim e a todos que foram assistir de sensações inexplicáveis e indescritíveis por meio de palavras. Esta é a beleza das artes, comunicar coisas incomunicáveis de outra maneira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A melhor parte foi uma palhaça de rolar de rir. Depois do espetáculo ainda teve uma banda muito louca que um dos integrantes tocava este instrumento que ele mesmo deve ter feito:


Voltamos juntos eu e o Palito a maior parte do caminho até que nos despedimos no viaduto da Perimetral com a Nilo, ele foi por baixo e eu por cima. Chegando já bem tarde em casa eu preparei uma janta para a Mel e o Brother.

Eles adoram Manga, Mamão, Abacate, Banana…

 

 

 

Me ajeitei e mais uma vez dormi bem acompanhado debaixo de um céu cheio de estrelas e uma Lua Cheia enorme.

Sacolinhas de plástico nunca mais!

Diariamente incontáveis sacolinhas de plástico são usadas, produzidas e transportadas para terem uma vida útil de meia a uma hora, o tempo de deslocamento entre o lugar onde conseguimos o que buscamos e nosso lar.

O grande porém é que essa sacola de plástico irá permanescer atormentando todas criaturas e o planeta inteiro por muito além do fim de nossa existência e nós deveríamos nos importar com isso pois fazer mal aos outros é o mesmo que fazermos mal a nós mesmos.

Pensando nisso eu procurei em casa por frascos para ir ao encontro das maravilhosas Amêndoas, Passas de Uva, Ameixas Secas, Nozes Pecã e Chilena, Castanhas do Pará e Tâmaras lá na Banca Macrobiótica Sauer do Mercado Público.

 

 

 

 

Segui meu caminho faceiro como sempre levando os frascos cheios de manjares dentro de uma mochila que a gente faz tão somente dois panos quadrados unidos por 3 nós triplo-cegos. Demoram 52 segundos para fazer a mochila, e fica supimpa ! ! !

Fui para a sala de ensaios da OSPA de onde eu fugi do finalzinho da reunião que teve hoje para ir ao mercado, comprar as iguarias e não chegar em casa muito depois do Sol ter estado em zênite.

Voltei lá para pegar meu querido meio de transporte, que só faz tanto barulho quanto um ratinho e assim como todos que circulam de bicicleta seguimos plantando sementinhas na mente das pessoas de que um mundo diferente é possível e mal sabem que este diferente é gostosamente, deliciosamente melhor.

Um mundo mais silencioso e faceiro em que as relações
são de amor e compaixão.

 

Sacolas de pano feitas em casa.

Um guri esperto me disse hoje que deveria ser melhor de carregar coisas com as sacolas em que eu carregava frutas e mais frutas.

Não poderia estar mais certo. É muito agradável carregar as sacolas de pano que a gente faz com tecidos que temos em casa como um lençol velho ou um pedaço de tecido muito bonito de cor laranja.

Essa é a beleza das coisas simples e da vida simples. A vida se torna lúdica pois os desafios são simples e logo nós mesmos podemos resolvê-los o que é muito gratificante.

Antes de sair deixei duas formas de pão essênio ao Sol. Um doce com ameixas e passas de uva e um salgado sem sal mas com alecrim, salsinha e cebolinha.

Alguns momentos de reflexão e alguns de meditação enquanto caminhava com os pés descalços por aqui e por ali e logo estou de volta em casa com alimento para muitos dias.

 

 

A noite uma janta a dois com algumas frutas que já tínhamos em casa, algumas que trouxe de fora, várias folhas de acelga picadas, ameixa seca e brotos de lentilha.

Tava bom, diz aí paizão! 😀