Sacolas de pano feitas em casa.

Um guri esperto me disse hoje que deveria ser melhor de carregar coisas com as sacolas em que eu carregava frutas e mais frutas.

Não poderia estar mais certo. É muito agradável carregar as sacolas de pano que a gente faz com tecidos que temos em casa como um lençol velho ou um pedaço de tecido muito bonito de cor laranja.

Essa é a beleza das coisas simples e da vida simples. A vida se torna lúdica pois os desafios são simples e logo nós mesmos podemos resolvê-los o que é muito gratificante.

Antes de sair deixei duas formas de pão essênio ao Sol. Um doce com ameixas e passas de uva e um salgado sem sal mas com alecrim, salsinha e cebolinha.

Alguns momentos de reflexão e alguns de meditação enquanto caminhava com os pés descalços por aqui e por ali e logo estou de volta em casa com alimento para muitos dias.

 

 

A noite uma janta a dois com algumas frutas que já tínhamos em casa, algumas que trouxe de fora, várias folhas de acelga picadas, ameixa seca e brotos de lentilha.

Tava bom, diz aí paizão! 😀

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *