Postos de reabastecimento !

Como é de se imaginar é muito fácil encontrar frutas frescas pelo litoral.

A alegria é que pude me alimentar normalmente pois mesmo em casa eu não preparo refeições hiper lindas e sofisticadas todos os dias. O ideal da Alimentação Viva é nos alimentarmos de algumas frutas aqui, algumas folhas e sementes ali. Ganhamos tempo para viver outras coisas na vida e deixamos para dias especiais o preparo dos banquetes, 🙂

A foto acima é de uma pousada que cheguei já tarde da noite depois de cruzar o Parque de Preservação Ambiental do município de Una. Cruzei todo o parque pela estrada enquanto o Sol ia se ponto. Foi lindo demais mas guardei só na minha memória as paisagens e a atmosfera do lugar.

Começei a pedalar bem cedo e depois de muita lomba acima eu resolvi parar um pouco e esperar baixar o Sol do meio dia. Tive sorte de encontrar o negócio de um casal muito querido:

Lá aprendi sobre o Biribiri que é excelente para curar resfriados:

Fiquei faceiro como nunca quando vi que lá tinham babosa. A Babosa é a principal planta que podemos usar para substituir os produtos industrializados de limpeza e higiene. 

A senhora colheu uma folha para mim mas logo que peguei na mão percebi que não era a espécie Aloe-Vera. Primeiro fiquei sem jeito mas antes de ir embora eu fui até os alforges da bici e trouxe de volta uma folha de Aloe-Vera para mostrar para a senhora as características da babosa “verdadeira” a qual é adequada para o nosso uso.

Até Canasvieiras só faltava um longo trecho em descida e uma parte plana. A cidade é tomada por bicicletas, todos negócios tem várias bikes estacionadas na frente e por todo lado surgem ciclistas, 🙂

Segui reto até a orla e lá encontrei a galera do surf praticando um SlackLine muito irado. Não resisti. Fiquei brincando na fita até escurecer.

u-hu-hu-hú à-ha-ha-háaaaa <> u-hu-hu-hú à-ha-ha-háaaaa

Como se o dia já não tivesse tido muitas alegrias, ainda tenho a sorte de conhecer uma pessoa fantástica que estava pedalando desde Porto Alegre. Maurílio saiu em setembro e veio pedalando bicicletas super simples, sem marcha. Quando dava um problema ele trocava por outra bicicleta. Enquanto tinha dinheiro pedalava dias a fio e quando faltava ele ia no comércio das cidades oferecer o serviço de pintor letrista, profissão que ele exerce a mais de 30 anos em Porto Alegre.

Compartilhamos uma refeição de muitas frutas muito lindas na tenda dos salva-vidas.

Pegamos alguns cocos de sobremesa, conversamos muito, ele cantou para mim algumas composições dele e fim. 

3 pensamentos sobre “Postos de reabastecimento !

  1. Olavo Ludwig disse:

    Massa…e que foto esta última heim!!!!

  2. Sheila disse:

    lindo. que essa energia boa contamine o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *